O Corpo de Bombeiros havia notificado, pelo menos duas vezes, o Hospital Federal de Bonsucesso sobre os riscos de incêndio na unidade.

A informação foi confirmada pelo coronel Leandro Monteiro.

O mesmo alerta foi feito pela Defensoria Pública da União em setembro de 2019.
A notificação veio após a realização de um relatório técnico do Ministério da Saúde.
Na ocasião, o defensor público Daniel Macedo relatou problemas na rede elétrica do complexo hospitalar.

Entre eles, o superaquecimento em dois transformadores da subestação principal, o que indica alto risco de explosão e de inoperância total do sistema elétrico, além de risco de morte dos operadores.

À época, o Ministério da Saúde disse, em nota, que os problemas na estrutura elétrica do hospital foram identificados há dez anos, tendo se agravado nos últimos cinco.

A pasta informou, ainda, que o problema seria solucionado definitivamente antes do fim do ano. Procurada novamente, a pasta não informou se as mudanças necessárias foram feitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome