O relatório final do acidente que matou o âncora da BandNews FM e do Jornal da Band Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci aponta que a queda foi causada principalmente pela falta de manutenção da aeronave. A conclusão do Centro Nacional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, obtida com exclusividade pelo repórter Valteno de Oliveira, da Band, é que houve uma falha no compressor, um dos itens mais importantes da turbina, o equipamento que pressuriza o ar para jogar na câmara, onde ocorre a queima de combustível.

O rolamento número 2 do compressor falhou porque o duto de distribuição de óleo estava entupido, contribuindo para a falha do motor. A fabricante recomendava que a troca de óleo fosse realizada uma vez por ano, mas chegou a ficar sem ser realizada por 38 meses. Em 11 de fevereiro do ano passado, os dois decolaram de Campinas, no interior paulista, onde Boechat participou de um evento, e seguiram para São Paulo.

A aeronave caiu na rodovia Anhanguera, na altura do Rodoanel, anel viário que fica na região metropolitana. Em 2017, o helicóptero havia sido proibido de voar porque a vistoria do compressor estava vencida. Essa peça foi trocada, a aeronave foi liberada para voar só que, dois meses depois, o compressor condenado nessa vistoria foi reinstalado e o piloto continuou a voar ignorando os riscos.

No dia do acidente, o piloto chegou a ver uma luz no painel que poderia comunicar algum problema, voou até uma oficina próxima a Campinas e ouviu do mecânico que o helicóptero precisaria ser desmontado. O piloto barrou que isso fosse feito, disse que cuidaria disso depois, retornou ao local onde estava Boechat e, em um procedimento considerado absolutamente atípico pelos técnicos, desceu da aeronave com as hélices em funcionamento e conduziu o jornalista pra dentro do helicóptero. Além dessa investigação, existe uma apuração na Polícia Civil, que corre em sigilo, sobre quem são os responsáveis pelo acidente.

 

1 COMENTÁRIO

  1. “houve uma falha no compressor, um dos itens mais importantes da turbina”
    O compressor, neste caso, seria o conjunto de pás que pressuriza o ar na entrada do motor. Já a turbina, é o conjunto de pás na saída do motor. Ela converte a energia cinética do ar em rotação do eixo do motor. O compressor e a turbina ficam ligados por este eixo. Mas o compressor não faz parte da turbina.
    Dê uma olhada nos vídeos do Lito do Aviões e Músicas antes de postar coisas sobre aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome