Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Mais de 1/3 dos candidatos às eleições municipais de 2020 não têm ensino médio completo

Foto: Reprodução

Mais de 30% dos que pretendem exercer cargos de prefeito e vereador em 2020 não têm o ensino médio completo – são 184 mil que não concluíram essa fase dos estudos.

Os dados fazem parte de um levantamento da BandNews FM com base em informações do Tribunal Superior Eleitoral.

O cenário é retrato dos baixos índices educacionais do País, na opinião do cientista político e professor Departamento de Ciências Sociais da PUC-Rio Ricardo Ismael.

Do total de candidatos, 38% afirmam ter ensino médio completo, enquanto outros 24% declaram ter ido à universidade.

Os dados também apontam diferença no grau de escolaridade entre os cargos disputados.

A maioria dos candidatos que pleiteia prefeituras tem nível superior: 56%, segundo o TSE. Enquanto isso, a maioria dos vereadores, 39%, teve acesso apenas ao ensino médio.

O cientista político Ricardo Ismael diz que pessoas com baixa escolaridade conseguem ingressar em carreiras políticas porque costumam ter outras habilidades, como a boa oratória.

O grau de instrução também varia conforme o perfil racial dos candidatos às eleições municipais.

26% dos brancos declararam ter feito faculdade, enquanto 19% dos negros afirmaram ter nível superior completo.

Já o número de negros que só leem e escrevem é de 3,5%, enquanto o de brancos é de 2,5%.

O cientista político e professor da Unesp Marco Aurélio Nogueira acredita que essa disparidade reflete a forma como a sociedade se estrutura.

Os dados mais recentes do IBGE, divulgados em setembro, apontam que 51% dos brasileiros não concluíram o ensino médio.