Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ministério da Defesa e chefes militares reafirmam caráter apartidário das Forças Armadas após declaração de Bolsonaro

O ministério da Defesa e os chefes do Exército, Marinha e Aeronáutica emitiram hoje uma nota oficial reafirmando as Forças Armadas como apartidárias em meio à repercussão sobre o distanciamento dos militares.

O texto ressalta que um país forte requer relações sólidas e transparentes e que o fortalecimento das instituições contribui para o propósito de o país alcançar níveis adequados de desenvolvimento e segurança.

Destaca ainda que a característica fundamental das Forças Armadas em nada destoa do entendimento do Governo e do Presidente da República.

Esse trecho minimiza a polêmica iniciada com a declaração de Jair Bolsonaro de que, às vezes, é preciso ter pólvora quando acabar a saliva.

A nota também fala sobre o combate ao coronavírus, destacando o apoio às comunidades indígenas; o combate aos crimes ambientais, ao desmatamento e às queimadas na Amazônia; no acolhimento e interiorização de refugiados da crise na Venezuela e no apoio à população do Amapá, em função da recente crise gerada pela falta de energia elétrica, entre outras ações.