Foto: Reprodução

O Supremo Tribunal Federal está com o julgamento virtual da possibilidade de reeleição na Presidência do Congresso aberto.

O último a votar foi o ministro Alexandre de Moraes, que acompanhou Dias Toffoli e o relator Gilmar Mendes, favoráveis a possibilidade de que o Congresso decida se os presidentes da Câmara e do Senado podem se reeleger.

O julgamento virtual foi iniciado às 00h desta sexta-feira (04), tendo como base uma ação do PTB que busca impedir a reeleição de quem comanda as duas Casas.

Na prática, a ação pode atingir o senador Davi Alcolumbre e o deputado federal Rodrigo Maia, ambos do DEM.

Após os votos de Mendes e Toffoli, o mais novo ministro do STF, Nunes Marques, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, se manifestou a favor da reeleição apenas de Alcolumbre.

Para o ministro, seria possível se reeleger para a presidência uma única vez, o que abre caminho para o senador, mas não para Maia, que foi reeleito para a função no ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome