Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Passageiros do Reino Unido com destino ao Brasil serão monitorados

Foto: Getty Images

O Ministério da Saúde elabora novas recomendações para lidar com a chegada de pessoas vindas do Reino Unido, onde circula uma nova variante do coronavírus.

As orientações emergenciais trazem medidas de monitoramento e rastreamento de contatos de passageiros e tripulantes que chegarem no Brasil por voos do Reino Unido, ou que, recentemente, estiveram no país europeu.

Os agentes sanitários manterão contato com os passageiros e tripulantes para monitorar as condições de saúde deles.

Pessoas que apresentarem sintomas da Covid-19 ou assintomáticos com exame positivo para a doença ficarão em isolamento de, no mínimo, dez dias após o início dos sintomas – desde que o paciente fique 24 horas sem sinais de febre.

Vale ressaltar que, a partir da próxima quarta-feira (30/12), entrará em vigor a restrição de entrada no Brasil, por rodovias, portos e aeroportos, de estrangeiros de qualquer nacionalidade, publicada na Portaria 630/2020.

Antes do embarque, os viajantes precisarão apresentar à companhia aérea um documento que comprove o resultado negativo de teste laboratorial (RT-PCR), para rastreio da Covid-19.