Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Israel quer aplicar 4,5 milhões de doses da vacina da Pfizer e da Moderna em janeiro

 

FOTO: EBC

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, o primeiro a ser imunizado contra a Covid-19 no país, anunciou que pretende vacinar 25% da população israelense em um mês.

O governo adquiriu 14 milhões das vacinas da Pfizer e da Moderna para tentar cumprir as metas de vacinação. Netanyahu quer acelerar a retomada econômica do país, visando as eleições em Israel, que acontecem em março.

Mais de 400 mil pessoas foram contaminadas pelo coronavírus no país e 3.222 mortes foram registradas, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.