Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Julgamento do governador afastado do Rio de Janeiro deve continuar amanhã

 

Mesmo após a suspensão do depoimento do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes mantém o interrogatório de outras seis testemunhas para esta segunda-feira. Witzel seria ouvido pelo Tribunal Especial Misto que julga o processo de impeachment.

Na decisão, o magistrado afirma que o interrogatório só vai poder ser realizado após a defesa ter acesso a todos os documentos encaminhados pelo Superior Tribunal de Justiça, o que inclui a delação premiada do ex-secretário estadual de Saúde./

Na determinação, o ministro diz ainda que Edmar Santos deve ser ouvido antes de Witzel, o que era um pedido da defesa do governador afastado. Pela internet, Witzel disse que não há julgamento justo sem a garantia de ampla defesa.

 FOTO: EBC

No último dia 17 o colegiado, composto por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça, ouviu testemunhas de defesa e acusação.