A produção industrial apresentou alta na passagem de outubro para novembro em dez dos 15 locais analisados pela Pesquisa Industrial Mensal. São Paulo, que exerce a maior influência no resultado da indústria nacional, cresceu 1,5% em novembro, após o recuo de 0,5% em outubro.

Em novembro, os locais que assinalaram os crescimentos mais intensos foram Bahia (4,9%), Rio Grande do Sul (3,8%) e Amazonas (3,4%). O resultado mostra também que oito localidades superaram o patamar pré-pandemia, de fevereiro: Amazonas (14,9%), Santa Catarina (9,5%), Ceará (7,5%), Minas Gerais (6,2%), São Paulo (6%), Paraná (5,9%), Rio Grande do Sul (5,2%) e Pernambuco (1,8%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome