Termina hoje o prazo para o eleitor que não compareceu às urnas no 1º turno das eleições municipais de novembro justificar a ausência.
Para o segundo turno, o limite é 28 de janeiro.

A justificativa pode ser feita pelo aplicativo e-Título e no site do Sistema Justifica. Caso não consiga justificar pela internet, o eleitor precisa agendar um horário para comparecer presencialmente ao cartório eleitoral.

Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral explicando por que não votou.

TSE – Tribunal Superior Eleitoral
Urna eletrônica

Se tiver o requerimento negado para regularizar a situação, o eleitor precisará pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa.

O valor da multa é de acordo com o estipulado pelo juiz de cada zona eleitoral.

Nas eleições 2020, houve abstenção recorde nos 1º e 2º turnos, com 23,14% e 29,5%, respectivamente.

Quem não regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral fica sujeito a uma série de restrições.

Entre elas não poder obter passaporte ou carteira de identidade, participar de concurso público ou receber prêmio de loteria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome