80 milhões de brasileiros vão estar vacinados até abril. A estimativa do Ministério da Saúde foi comunicada hoje(14) a prefeitos de todo o país que participaram de uma reunião sobre o calendário e a logística da vacinação. As informações foram repassadas pelo presidente da Federação Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette.

A informação foi divulgada pela Frente Nacional de Prefeitos. Essa estimativa teria sido anunciada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Entrevistado pela BandNews FM, o ex-prefeito de Campinas disse ainda que nesse primeiro momento serão vacinados cinco milhões de pessoas, já que é preciso reservar as doses da Coronavac para uma segunda aplicação. No caso do imunizante da Astrazênica não é preciso a reserva, já que o intervalo de aplicação das doses é de até três meses (assim, é possível esperar uma nova carga da vacina).

Jonas Donizette ainda destacou que o ministro Pazuello garantiu a distribuição proporcional pela população de risco aos estados. No entanto, os estados do Norte devem receber uma quantidade maior por causa do percentual maior de indígenas na população.

As primeiras doses distribuídas são suficientes para vacinar 70% dos profissionais de saúde e começar a vacinação com idosos em asilos e hospitais.

Segundo o presidente da FNP, foi informado que a campanha de vacinação começará sem que as pessoas procurem os postos de saúde. As pessoas que precisarem se vacinar serão convocadas pelas autoridades estaduais, seguindo uma diretriz do Ministério da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome