Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Pesquisador da Fiocruz Júlio Croda fala sobre a chegada da vacina AstraZeneca/Oxford ao Brasil

O infectologista Júlio Croda, que é pesquisador da Fiocruz, fundação que será responsável pela fabricação da vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford no Brasil, afirma que, com o desembarque das doses que chegaram da Índia, aumenta o desafio logístico no país porque há agora dois imunizantes por aqui.

A expectativa é que seja realizada uma solenidade na segunda-feira (25) na Fundação Oswaldo Cruz para apresentação da vacina.

Em entrevista à BandNews FM, o médico lembra que ainda não existe um sistema unificado federal e nem um registro eletrônico para escrever quem tomou qual imunizante.

Júlio Croda também celebrou a aprovação emergencial pela Anvisa de mais um lote da CoronaVac.

O infectologista avalia que a decisão é muito positiva porque faz crescer a esperança de que não será necessário interromper a vacinação durante a primeira fase da imunização, quando os profissionais de saúde são o grupo prioritário.