Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Mônica Bergamo: Vacinação causa tensão interna em igrejas

Foto: Reprodução

Um parecer da recém-fundada Associação de Médicos Católicos de São Paulo utiliza notícias falsas e diz que “a maioria das vacinas” contra o coronavírus contém “células tronco originárias de fetos abortados” e classifica os imunizantes como “inaceitáveis do ponto de vista ético”. A afirmação está gerando polêmica na Arquidiocese de São Paulo. Cientistas já desmentiram o conteúdo do documento. A informação é da colunista da BandNews FM Mônica Bergamo.

Religiosos, padres e bispos temem que esse parecer prejudique a campanha de vacinação contra a Covid-19, mesmo que o próprio Papa Francisco tenha se imunizado.

Acompanhe: