Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Após sete jogos sem vitórias, São Paulo demite Fernando Diniz

O São Paulo anuncia a saída do técnico Fernando Diniz. Houve uma reunião no CT da Barra Funda na tarde desta segunda-feira (1º), na qual a diretoria comunicou o treinador de que o desligamento neste momento seria inevitável.

O Tricolor foi líder do Campeonato Brasileiro e chegou a ter sete pontos de vantagem para o segundo colocado, mas passou por uma queda brusca e não vence há seis jogos no torneio. Hoje, o time está na quarta colocação.

Diniz comandou o São Paulo pela última vez contra o Atlético-GO (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Diniz comandou o São Paulo em 77 jogos, 35 vitórias, 21 empates e 21 derrotas – aproveitamento de 54,5%.

O clube anunciou também a saída do diretor-executivo Raí. Segundo a diretoria, foi escolha dele deixar o cargo agora.

Inicialmente, o ex-jogador ficaria até o fim da temporada de 2020, em fevereiro, mas, de acordo com a nota oficial, ele quis encerrar o trabalho neste momento.

O próximo diretor-executivo, Rui Costa, já está contratado e começará a trabalhar com outros diretores no nome do próximo treinador.

Uma opção que venha fora do Brasil é prioridade no São Paulo.