Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

IPEA revisa para cima a previsão de inflação para 2021

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada projeta uma inflação de 3,7% em 2021.

O estudo pontua que embora tenha uma expectativa de desaceleração dos preços nos próximos meses, a revisão das projeções foi motivada por três fatores: inflação corrente mais elevada; estabilização das cotações internacionais de commodities em nível acima do projetado e taxa de câmbio média mais alta que estimada em dezembro.

A projeção aumentou em 0,2 pontos porcentuais. Anteriormente, a previsão era de uma inflação de 3,5%.

Destaque para os valores dos alimentos que foi de 3,0% para 4,6% e dos demais bens livres, saindo de 2,7% para 3,0%, incorporando, as novas expectativas de commodities e câmbio.

Houve recuo nas estimativas de inflação para educação, que caíram de 4,0% para 3,6%.

Apesar da queda, o segmento deve encerrar o ano com variação acima da observada em 2020 em 1,8%.