Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por unanimidade, Flordelis é afastada do cargo de deputada federal

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Justiça do Rio decide, por unanimidade, afastar Flordelis do cargo de deputada federal.

O voto vencedor é do desembargador e relator da 2ª Câmara Criminal, Celso Ferreira Filho, que foi acompanhado pelos demais integrantes do colegiado.

A decisão deverá ser encaminhada, em até 24 horas, para a Câmara dos Deputados, onde será analisada pelo plenário.

Flordelis é acusada pelo Ministério Público do Rio de ser a mandante do assassinato do marido.

Devido à imunidade parlamentar, ela não pode ser presa. A deputada cumpre, desde outubro do ano passado, recolhimento domiciliar e usa tornozeleira eletrônica.

Dados obtidos pela BandNews FM apontam que Flordelis violou pelo menos 11 vezes o uso do dispositivo de monitoramento por falta de bateria.

Em setembro de 2020, a Justiça demorou cerca de três semanas para conseguir localizar Flordelis para que ela pudesse cumprir medidas cautelares.

A defesa da parlamentar ainda não se posicionou sobre o afastamento e as violações do uso da tornozeleira eletrônica.