Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Perto da estreia na Série A2, Portuguesa espera fechar novos patrocínios

Em janeiro, a Portuguesa conseguiu um acordo com a Justiça do Trabalho para resolver o problema das dívidas que praticamente impedia o clube de iniciar de forma efetiva o plano de reconstrução. Os processos, então, foram reunidos na mesma Vara e a Lusa se comprometeu a destinar 30% da receita mensal para realizar os pagamentos.

Quase dois meses depois, o presidente da Portuguesa, Antônio Carlos Castanheira, garantiu em entrevista à BandNews FM que o acordo está sendo honrado como previsto e que o trabalho segue. A meta é buscar novos patrocínios que devem ser anunciados nos próximos dias. “Com essa segurança jurídica, um ou dois patrocinadores chegam, provavelmente, agora no início de março. E depois, a meta é seguir com as negociações com possíveis investidores para o projeto da Arena”.

O plano da Portuguesa é seguir um modelo semelhante ao que foi adotado por Palmeiras e WTorre no Allianz Parque. O clube cederia todo o terreno para uma construtora que montaria no local um empreendimento com dois hotéis, um centro de convenção, um shopping e uma nova sede social. Como contrapartida, a Portuguesa receberia uma Arena com capacidade para 20 mil pessoas na área do Canindé e poderia arrecadar com parte da bilheteria.

Na entrevista, Castanheira mostrou otimismo ainda com relação à campanha da Portuguesa na Série A2. A estreia será nesta segunda-feira (01), às 15h30, contra a Portuguesa Santista no Estádio Ulrico Mursa.

Acompanhe a entrevista completa com Arthur Covre.