Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Futebol Raiz: auxiliar técnico, Denys Facincani trabalha pela volta do Juventus à elite em SP

Denys (à dir.) com o técnico Sérgio Soares

O auxiliar técnico Denys Facincani aposta no sucesso do trabalho realizado por ele e pelo técnico Sérgio Soares no Juventus neste início de ano. “Montamos uma equipe dentro das nossas possibilidades financeiras. Mas são jogadores que querem vencer e fazer história para colocar novamente o clube na elite do futebol paulista”, afirma o ex-jogador.

Denys começou a carreira de jogador na base do Palmeiras e, desde menino, já conhecia o treinador. “Jogamos futsal juntos em São Bernardo. Depois, fui para a base do Verdão e ele para o Juventus”, conta.

Aos 19 anos, já no profissional da equipe alviverde, o lateral esquerdo sentiu o peso da derrota para a Inter de Limeira na final de 1986. Deixou o clube e foi para o São Paulo. Lá, teve a oportunidade de viver um grande momento em um amistoso contra o Napoli, na despedida do atacante Careca que iria justamente para o time italiano. Denys deu um chapéu em Maradona em um dos lances da partida. “A camisa do jogo ele me deu e eu tenho até hoje. Outro dia, me ofereceram 10 mil reais por ela e eu não vendi”, revela.

Além do São Paulo, o lateral passou por Corinthians, futebol europeu, Japão, Peru e por clubes aqui do país. Deixou os gramados em 1999 no Figueirense onde iniciou em seguida a carreira de auxiliar técnico. Chegou ao Juventus em 2008 com o amigo Sérgio Soares. Já são 13 anos de parceira, agora, de volta ao clube da Móoca.

Acompanhe a reportagem de Arthur Covre em mais um Futebol Raiz.

Ouça a entrevista com Denys Facincani na íntegra.