Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Friocruz aponta prolongamento da crise sanitária no Brasil

Foto: Erasmo Salomão

A Fundação Oswaldo Cruz alerta que a situação da Covid-19 pode permanecer em níveis críticos ao longo do mês de abril, prolongando a crise sanitária e o colapso do sistema de saúde no Brasil. A análise do Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 mostra que coronavírus e suas variantes permanecem em circulação intensa em todo o país.

Além disso, a sobrecarga dos hospitais, observada pela ocupação de leitos de UTI, também se mantém alta. A pesquisa mostra ainda que, ao longo da última semana epidemiológica, houve uma aceleração na transmissão da doença no Brasil.

De acordo com os dados, foi registrado um novo aumento da taxa de letalidade – de 3,3% para 4,2%. Este indicador se encontrava em torno de 2,0% no final de 2020. Com isso, a Fiocruz volta a defender a tomada de medidas mais rígidas de combate à Covid-19 em todo o país, pelo período mínimo de 14 dias.