Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Bolsonaro visita Chapecó e defende medicamentos sem eficácia contra a Covid-19

Após o Brasil registrar mais de 4 mil mortos por covid-19 em 24 horas, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes para tratar pacientes com coronavírus. Em visita ao município de Chapecó, no oeste catarinense, o presidente também deixou claro que não haverá lockdown no país, alegando que suas medidas não são baseadas nas eleições de 2022.

A visita ocorreu após o prefeito João Rodrigues, do PSD, atribuir a diminuição de internações pela doença ao uso do chamado do kit covid. Rodrigues omitiu o fato da aplicação de um lockdown por duas semanas em Chapecó, medida criticada por Bolsonaro. O presidente ainda afirmou que defende a liberdade dos médicos.

Foto: Reuters