Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

SP: Funcionários do Metrô e da CPTM serão vacinados contra a Covid-19 a partir de 11 de maio

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos de São Paulo afirma que quase 9.500 funcionários do Metrô e da CPTM serão vacinados contra a Covid-19 a partir do dia 11 de maio. O anúncio foi feito pelo secretário Alexandre Baldy em vídeo enviado aos funcionários no último sábado (17).

Estão incluídos os operadores de trem, de todas as idades, os trabalhadores da manutenção e os que ocupam funções nas estações, como bilheteria, segurança, limpeza, inclusive os terceirizados, com mais de 47 anos.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo, que planejou uma greve para terça-feira, celebrou o anúncio e disse que se trata de uma vitória da categoria. Ainda assim, uma assembleia online marcada para amanhã, às 19h, está mantida, com o objetivo de discutir questões salariais e também a inclusão do restante dos trabalhadores no plano de vacinação. Uma definição sobre a greve deve ser tomada na reunião.

Paralisações

Os motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista também pretendem parar as atividades na terça-feira. Segundo o presidente do Sindicato, Valdevan Noventa, até o momento não houve acordo para vacinar a categoria. Uma nova reunião será realizada amanhã, às 15h, na sede da entidade.

Os trabalhadores da CPTM, que se dividem em quatro sindicatos, planejam uma greve para terça e outra para o dia 27. No entanto, os sindicatos ainda não se manifestaram sobre o futuro das paralisações depois do anúncio da vacinação da categoria.