Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Pode ou não pode registrar o momento da vacinação? Os ouvintes perguntam e a BandNews FM responde

Duas motivações distintas estão fazendo com que a campanha de vacinação contra Covid-19 seja a mais documentada da história.

De um lado, a vontade de compartilhar esse momento de alegria e esperança; do outro, o medo de ser enganado e, com isso, não ser de fato imunizado.

O problema é que muitos dos ouvintes da BandNews FM trouxeram o relato de que estão sendo impedidos de fazer esse registro. 

Afinal, pode filmar ou fotografar o momento da vacinação?

A presidente da Comissão de Direito Médico e de Saúde da OAB São Paulo, a advogada Juliana Hasse, explica que não existe ainda uma legislação específica sobre o tema. 

No entanto, é um direito do cidadão ter a garantia de que esse procedimento foi feito da maneira correta. 

Já foi aprovado no Senado um projeto que trata sobre o assunto; o texto agora está sendo discutido na Câmara dos Deputados.

O senador Styvenson Valentim, que é o autor da proposta, diz que, após o registro de casos das “vacinas de vento”, a ideia da lei seria coibir fraudes.

É importante lembrar aqui que, além de ser um direito do cidadão o registro deste momento, ele também tem outros direitos

São eles: levar um acompanhante, no caso das pessoas com acima de 60 anos; fazer perguntas sobre a vacina, possíveis efeitos colaterais e cuidados que devem ser tomados após a vacinação; além de conferir dados como fabricação e prazo de validade.