Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Biden afirma que, em 100 dias de governo, “o país voltou a caminhar pra frente”

O presidente dos Estados Unidos diz que o país voltou a caminhar para frente. No primeiro discurso no Congresso como chefe da Casa Branca, Joe Biden afirmou que, em quase 100 dias de governo, avançou na campanha de vacinação contra o coronavírus, concedeu o terceiro auxílio emergencial e gerou mais de um milhão de empregos.

Biden destacou que a nação está sendo reconstruída após o mandato de Donald Trump. E foi enfático ao dizer que os Estados Unidos estão prontos para liderar o mundo de novo.

Joe Biden também voltou a declarar que tem um compromisso com o combate às mudanças climáticas. Ele detalhou um plano de geração de empregos, o maior desde a Segunda Guerra Mundial.

Foto: Melina Mara/REUTERS

Segundo o presidente, esses novos postos de trabalho pagarão bem e estão em consonância com o combate às mudanças climáticas. O presidente dos Estados Unidos ainda admitiu que o país está em uma competição com a China para “vencer o Século XXI”.

Biden cobrou do governo chinês ações para combater as mudanças climáticas. E também garantiu que irá manter a presença militar dos Estados Unidos na região Indo-Pacífica, onde há disputas territoriais entre chineses e países aliados da Casa Branca.

Joe Biden ainda advertiu a Rússia de que suas ações têm consequências, mas disse estar aberto à cooperação. E comemorou a retirada das tropas americanas do Afeganistão depois de 20 anos de guerra.

Por causa dos protocolos sanitários da Covid-19, apenas duzentas pessoas foram autorizadas a assistir ao discurso dentro do Congresso.

CÚPULA DO CLIMA

Ainda no encontro, os Estados Unidos se comprometeram a cortar 50% das emissões de gases responsáveis pelo aquecimento global até 2030. O anúncio foi feito pelo presidente Joe Biden na Cúpula dos Líderes sobre o Clima.

A meta vale para toda a economia americana e foi estabelecida em relação aos níveis de 2005. O democrata, que tomou posse em janeiro, fez do enfrentamento às mudanças climáticas uma das prioridades do governo.

Acompanhe mais informações com o correspondente da Bandnews FM nos Estados Unidos, Eduardo Barão: