Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Eleições: Renan será julgado antes de outubro pelo STF

Buscando a reeleição para manter o foro privilegiado, Renan Calheiros está perto de sofrer um grande revés em meio à disputa ao Senado por Alagoas.

O motivo é que a 2ª Turma do STF vai julgar no segundo semestre a ação na qual o político do MDB é acusado de receber propina de um lobista da empreiteira Mendes Júnior para pagar a pensão do filho que teve fora do casamento com a jornalista Mônica Veloso.

A denúncia surgiu em 2007 e Renan, que à época chegou a renunciar à presidência do Senado, pode pegar até 12 anos de cadeia.

Renan Calheiros