Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Rachado, MDB lança Henrique Meirelles na quinta ao Palácio do Planalto

Caciques do MDB não ficaram muito empolgados com o convite enviado por Henrique Meirelles para a convenção nacional que vai referendar o nome dele na disputa ao Palácio do Planalto.

Muitos se queixam que, depois de seis meses, ainda falta articulação ao ex-ministro , que não se aproximou de ninguém, apenas de Moreira Franco, das Minas e Energia, do senador Romero Jucá e do presidente Michel Temer – que até pensou em esticar o tour por México e África do Sul para não aparecer.

Nomes como Roberto Requião, Renan Calheiros, José Sarney e Jarbas Vasconcelos são ausências certas.

O evento vai custar R$ 2 milhões, e a promessa de que seria pago pelo próprio candidato não se confirmou.