Foto: Reprodução

Com a pandemia, o uso de aviões da FAB por ministros e outras autoridades cai à metade e APENAS os presidentes da Câmara e do Senado utilizaram os jatinhos para ir e voltar para casa – ou seja, ao estado de origem.

Entre janeiro e agosto, Rodrigo Maia fez 76 viagens, sendo 34 indo ou voltando do Rio de Janeiro, a maioria às sextas, sábados, domingos e segundas.

Em 11 voos, o deputado justificou “segurança” ou “residência”, mas em outras 23 vezes alegou “serviço”.

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre usou os aviões da FAB 26 vezes no mesmo período, sendo 25 indo ou voltando de Macapá. Em todas, o também presidente do Congresso alegou “serviço” ou “segurança”.

No geral, entre janeiro e agosto, os aviões da FAB foram utilizados 505 vezes por ministros ou outras autoridades, uma redução de 46% em relação ao mesmo período do ano passado.

Rodrigo Maia lidera a lista, com 76 viagens, seguido pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, com 46, do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, com 39, e dos comandantes do Exército e da Marinha.

Entre os ministros que menos utilizaram os jatinhos da FAB estão Paulo Guedes, da Economia, Milton Ribeiro, da Educação, e Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência.

Em nota, a assessoria do presidente da Câmara disse que a legislação autoriza o uso dos aviões da FAB e alegou que, pela natureza do cargo, a presença Rodrigo Maia é muito solicitada em eventos por todo o Brasil.

Afirmou ainda que, mesmo na pandemia, o Congresso continuou trabalhando e que, além disso, há voos compartilhados com outras autoridades que, por questões administrativas, são registrados em nome de Maia.

Procurado, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, não se manifestou.

Em março, um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê que as autoridades utilizem os jatos da FAB por motivos de emergência médica, segurança e serviço.

1 COMENTÁRIO

  1. Da próxima vez os Presidentes da Camara e do Senado, devem obrigatoriamente morar no Distrito Federal, já que eles têm direito a apartamento funcional, ai acaba essa mordomia de ficar viajando, sozinhos, para retornar aos seus Estados de origem!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome