Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Além da cota parlamentar, senadores têm até 80 assessores

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Um levantamento da BandNews FM aponta que o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) lidera o ranking no número de assessores no Senado.

São, ao todo, 83 auxiliares que custam R$ 583 mil por mês. Só até setembro, o gasto foi de R$ 5,7 milhões.

Depois dele, aparece Eduardo Gomes (MDB-TO), que tem 72 assessores, ao custo de R$ 555 mil por mês aos cofres públicos.

Lucas Barreto (PSD-AP) vem na sequência com 68 assessores, que custam R$ 468 mil por mês.

O senador com menos assessores é Reguffe (Podemos-DF), que tem 8 auxiliares – 10 vezes menos que Izalci Lucas, que também é do Distrito Federal.

Entre todos os senadores, a despesa com assessores é de 30 milhões de reais por mês; desde o início do ano, o gasto chega a 270 milhões de reais.

Pablo Fernandez: