Federação afasta arbitragem de São Paulo x Novorizontino


    A Federação Paulista de Futebol decide afastar os membros da arbitragem da partida entre São Paulo e Novorizontino, que terminou empatada por 1 a 1.

    O árbitro escalado foi Flávio Roberto Mineiro Ribeiro, que teve como auxiliares Vitor Carmona Metestaine e Enderson Emanoel Turbiani da Silva. O quarto árbitro era Leandro Carvalho da Silva.

    Ábitro Flávio Roberto Mineiro Ribeiro sorri após primeiro tempo no Morumbi (Foto: Reprodução/Premiere)

    A entidade admitiu que foram identificados  quatro erros capitais: dois gols mal anulados e dois pênaltis não marcados, todos a favor do São Paulo.

    Em nota, a Federação disse que conversou com os responsáveis logo após a partida e que os erros foram admitidos.

    Por isso, hoje, após reunião, a Comissão, que tem como chefe Ana Paula de Oliveira, decidiu afastar os membros da equipe de arbitragem da partida por considerar que os erros cometidos são inaceitáveis. “Todos os membros da equipe passarão por reciclagem, com apoio psicológico, técnico e físico”, diz a nota.

    A Federação ainda direciona um pedido de desculpas a torcedores, jogadores, comissões técnicas e dirigentes dos clubes.

    “Lamentamos os erros cometidos por esses profissionais. Reiteramos que a Comissão de Arbitragem da FPF trabalha para que as partidas ocorram com a menor interferência da arbitragem, apenas para mediar um grande espetáculo: o futebol protagonizado por seus atletas. Erros eventuais acontecem com todos. Mas erros crassos não são admitidos e deverão ser corrigidos.”

    Depois do jogo no Morumbi, o diretor-executivo Raí falou da revolta do clube com a atuação do árbitro. Já o superintendente de relações institucionais Diego Lugano, usou as redes sociais para desabafar.

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Deixe seu comentário!
    Por favor, informe seu nome