Gabrielle Roncatto, da natação, sonha com final em Tóquio 2021


    A seletiva da natação brasileira para os Jogos Olímpicos de Tóquio ainda não tem data marcada, mas os atletas já estão retornando aos poucos aos treinos para carimbar uma vaga no maior evento esportivo do mundo.

    Gabrielle Roncatto sonha em disputar uma vaga na segunda Olimpíada da carreira e espera marcar presença nas finais dos 200m livre e 200m medley.

    “Nos Jogos de 2016 eu era muito nova. Era tudo muito novo e eu aprendi muito. Se eu for para Tóquio, vou com uma cabeça mais diferente. Antes, era um olhar de quem estava realizando um sonho. Agora, vou com os pés no chão de quem vai buscar a disputa da final”, explica Gabi em entrevista exclusiva à rádio BandNews FM.

    A nadadora da Unisanta e da seleção brasileira está acostumada com a rotina do alto rendimento esportivo. Ela começou a nadar aos 7 anos por influência do irmão e aos 12 já estava disputando a primeira competição internacional.

    Roncatto participou dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, conquistando uma medalha de prata na prova 4x200m livre. Na mesma prova, foi medalha de bronze no Pan de Lima, no ano passado.

    Créditos: divulgação Instagram. Gabi Roncatto durante a disputa dos Jogos-Pan Americanos de Lima.

    Ela também marcou presença nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, aos 17 anos de idade, sendo uma das mais jovens da delegação brasileira.

    Durante a pandemia do coronavírus, quando a piscina não estava aberta para os treinos, Gabi foi treinar em uma represa em Avaré, em São Paulo, para não perder o ritmo.

    Além da mãe, Andrea Gonçalves, a atleta tem como grande inspiração a companheira de equipe Ana Marcela Cunha, que foi eleita seis vezes a melhor do mundo na maratona aquática.

    Gabi divide as atenções da vida de nadadora de alto rendimento com a faculdade de Direito. Ela também já pensa em cursar Educação Física para, quem sabe, abrir uma academia com o seu próprio método de ensino quando se aposentar das piscinas.

    Confira a reportagem para o quadro “Na Trilha do Pódio”:

    Confira a entrevista na íntegra:

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Deixe seu comentário!
    Por favor, informe seu nome