Intérprete de Libras do Fortaleza espera que clubes sigam exemplo do Leão

    Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

    Desde 2018, o Fortaleza passou a contar com um intérprete de Libras, a Língua Brasileira de Sinais, para traduzir aos torcedores surdos o que é dito nas entrevistas coletivas após as partidas e eventos do clube.

    Quem realiza esse trabalho desde o início é Crystomberg Silva. “Começamos com o projeto e eu fiquei atuando nas coletivas. Nós publicamos os videos nas redes sociais e enviamos para o grupo de whatsapp dos surdos torcedores do Leão”, explica.

    Crystomberg tem 32 anos e nasceu em São Paulo, mas ainda criança, mudou-se com a família para Fortaleza e, hoje, mora em Maracanaú. Começou a ter contato com a comunidade surda em uma Igreja Evangélica. Resolveu fazer cursos e buscar capacitação para ser intérprete de Libras. Hoje, trabalha no clube de coração.

    Ele é mais um personagem da coluna Futebol Raiz que dá destaque aos profissionais ligados ao futebol. Acompanhe com Arthur Covre.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Deixe seu comentário!
    Por favor, informe seu nome