Presidente da Portuguesa espera finalizar acordos trabalhistas ainda em janeiro


    Após a conquista da Copa Paulista e o retorno da Portuguesa ao calendário nacional, o presidente do clube, Antônio Carlos Castanheira, tem metas claras para o segundo ano de mandato. “Dentro de campo, os objetivos são voltar para a Série A1 do Campeonato Paulista e subir para a Série C do Brasileiro. Institucionalmente, estamos trabalhando para fechar todos os acordos trabalhistas porque, sem isso, nada acontece”, conta.

    Em entrevista à BandNews FM, o dirigente explicou que, em outubro do ano passado, o processo envolvendo as dívidas foi retomado e a expectativa é acertar tudo até o fim de janeiro. “O montante atualizado da dívida é de 152 milhões de reais. Estamos negociando com os credores e, no acordo final, vamos dividir esse valor em blocos dos menores para os de maior valor. É importante o entendimento de que a Portuguesa precisa estar de pé para honrar todos os compromissos. As negociações estão bem adiantadas e espero que a homologação seja feita ainda neste mês. A partir daí, será possível atrair investidores para o projeto da construção de uma Arena na área do Canindé”.

    A ideia de um novo estádio surgiu em 2015 como forma equacionar a dívida da Portuguesa com a entrada de novas receitas. O modelo previsto é de sociedade entre o clube e um investidor que teria um retorno com a exploração do espaço por um período pré-determinado, semelhante ao que ocorreu com o Palmeiras no Palestra Itália, hoje, Allianz Parque.

    Além da situação financeira, Antônio Carlos Castanheira falou sobre a renovação de contrato com o técnico Fernando Marchiori que ficará até o fim de 2022, quando terminará também o mandato do presidente. “Ele será um dos principais treinadores do futebol brasileiro porque é um gestor de pessoas, olhando muito além das quatro linhas. Vamos juntos até o fim”.

    Ouça a entrevista completa concedida pelo presidente da Portuguesa ao repórter Arthur Covre.

     

     

     

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Deixe seu comentário!
    Por favor, informe seu nome